Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Novos coordenadores assumem a gestão do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia (PPGCOM-UFPA)

  • Publicado: Quarta, 23 Novembro 2022 16:45
  • Última Atualização: Quarta, 23 Novembro 2022 16:45
  • Acessos: 159

O Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia (PPGCOM) da Universidade Federal do Pará (UFPA) iniciou, na segunda-feira, 14 de novembro, um novo período de gestão. Os professores Luiz Cezar Silva dos Santos e Célia Regina Trindade Chagas Amorim, eleitos em chapa única pela comunidade acadêmica do PPGCOM-UFPA, assumem os cargos de coordenador e vice-coordenadora, respectivamente.

A eleição que consagrou a chapa eleita ocorreu no último dia 31 de outubro, através do Sistema Integrado de Gestão de Eleições (SIG-Eleição), e o resultado foi homologado em reunião extraordinária do Colegiado no dia 07 de novembro. A nova coordenação deve cumprir mandato de dois anos, conforme indica o regimento interno do PPGCOM-UFPA.

Gestão anterior comentou sobre a transição

A professora Elaide Martins já foi coordenadora do Programa no período entre 2017 e 2019 e, desde novembro de 2021, ocupou o cargo de vice-coordenadora da última gestão. Para ela, “atuar na coordenação do PPGCOM-UFPA, seja como coordenadora ou vice, é sempre um trabalho de entrega, que requer dedicação e comprometimento”. Ela comentou sobre a recente nota 5 atribuída pela CAPES ao Programa, o que classificou como um desafio para a coordenação que agora chega. “Isso aumenta a nossa responsabilidade e expande o nosso papel social, de ensino e de pesquisa, reafirmando, ainda, o nosso papel nucleador na Amazônia”.

À frente da coordenação do PPGCOM-UFPA desde outubro de 2020, a professora Rosane Steinbrenner comentou sobre a experiência de gestão durante a maior parte da pandemia da Covid-19. Para ela, foi uma experiência e um processo de intensa adaptação, diante de um cenário de absoluta incerteza: “O Programa teve que buscar muito diálogo com todos, alunos, professores e técnicos. Ao mesmo tempo nós tivemos que entender que o momento exigia flexibilizações”. As atividades presenciais do PPGCOM-UFPA foram retomadas no primeiro semestre de 2022 e, de lá para cá, foram realizadas diversas mudanças e melhorias nos espaços físicos do Programa. A professora Rosane define seu tempo na gestão como um período de enfrentamento a desafios materiais e imateriais. “Eu acho que o termo [que resume esse período] é um termo que a professora Elaide usa e eu gosto muito que é ‘solidariedade acadêmica’”.

Sobre a nota 5 do Programa e o que ela representa para a nova gestão que chega, a professora Rosane entende que “é um desafio e oportunidade. É oportunidade porque certamente o PPGCOM-UFPA vai ser visto por certos circuitos de apoio, de recursos, que antes não alcançava [...] e é um desafio de manter essa nota, que é carreada especialmente pela  produção intelectual de docentes, discentes e egressos (até 5 anos de titulação). Nesse sentido, para ela, o maior desafio para esta e as próximas gestões é o de alcançar toda a comunidade acadêmica que compõe o Programa, principalmente discentes e egressos, com a compreensão de que a valorização dos cursos de mestrado e doutorado (pioneiro e ainda único em Ciências da Comunicação na Amazônia) depende do compromisso com a qualidade do percurso acadêmico realizado dentro e a partir do PPGCOM-UFPA. “Eu acho que esse [desafio] é, portanto, principalmente de comunicação e eu desejo à nova gestão todo o sucesso”.

Novos gestores falam sobre perspectivas futuras

Servidor da UFPA há 13 anos, dos quais atuou como diretor da Faculdade de Comunicação (Facom) e da Assessoria de Comunicação da UFPA (ASCOM), o professor Luiz Cezar Santos compõe o quadro de docentes do Programa desde 2018 e agora assume a coordenação do PPGCOM-UFPA. O professor comentou sobre a expectativa para os próximos dois anos de trabalho como gestor: “Além de darmos continuidade ao trabalho realizado pela gestão anterior, pretendemos com muita dedicação trabalhar em prol da comunidade acadêmica do PPGCOM e buscaremos todas as formas possíveis de utilizarmos toda a tecnologia disponibilizada pela UFPA para agilizarmos ainda mais a gestão administrativa do Programa, além de manter um relacionamento mais próximo com a direção do ILC, com as Pró-reitorias e a administração superior da Universidade”.

Professor Luiz Cezar ainda comentou sobre a nota 5 atribuída ao PPGCOM-UFPA pela CAPES, que posiciona o Programa como um dos principais PPGs em Comunicação de toda a Amazônia: “Por sermos um programa de pós-graduação dentro da maior Universidade pública na Amazônia nos sentimos privilegiados e felizes com a mudança da nota 4 para a 5, esta mudança se apresenta para a nova gestão como um dos nossos maiores desafios, o de manter a nota atribuída ao PPGCOM. E a partir deste ponto buscaremos novas oportunidades de internacionalização do Programa, bem como propiciar novas parcerias e convênios com outras instituições e com a comunidade em geral, além da realização de eventos acadêmicos e científicos, bem como ampliar a participação da nossa comunidade acadêmica em eventos nacionais e internacionais”.

A professora Célia Amorim, que agora assume o cargo de vice-coordenadora do PPGCOM-UFPA, também comentou sobre a nova nota do Programa: “A nota 5 representa o esforço de toda uma equipe que luta diariamente pela Universidade pública, gratuita, laica e de qualidade na Amazônia. Trabalhamos por meio de comissões na pesquisa, no ensino, na extensão, na gestão e em outras frentes com a comunidade, necessárias para consolidar, cada vez mais, o PPGCOM-UFPA no cenário regional, nacional e internacional. A tarefa não é fácil. Os recursos para a educação são cada vez mais escassos. Mas defendemos e acreditamos nas Universidades públicas e no seu compromisso com a sociedade”.

 

Texto: Wander Lima (Estagiário de Comunicação), com supervisão de Luiz Cezar Santos.

Foto: Arquivo PPGCOM-UFPA.

registrado em:
Fim do conteúdo da página