Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Publicado: Quinta, 07 Novembro 2019 20:40 | Última Atualização: Segunda, 27 Julho 2020 19:00 | Acessos: 289

Há mais de 40 anos, em 1976, foi criado o curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Pará (habilitações em Jornalismo e em Publicidade e Propaganda), o primeiro do estado do Pará e o segundo da Região Norte. Cinco anos depois, o curso de Comunicação Social da UFPA recebeu o reconhecimento pelo Ministério da Educação (MEC). Em 1990, foi ofertado o primeiro curso de Pós-Graduação lato sensu do Departamento de Comunicação da UFPA, intitulado Especialização em Teoria e Metodologia da Comunicação.

O milênio inicia com o Mestrado Interinstitucional realizado entre a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Universidade Federal do Pará, que qualificou parte do corpo docente do curso de Comunicação Social.

Em 2009, foi proposto o projeto do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia. Ele foi aprovado e iniciou as atividades em 2010, ofertando, em seu primeiro edital, oito (8) vagas no curso de Mestrado em Ciências da Comunicação. Em 2012, foi feita a primeira defesa de dissertação do Programa de Pós-Graduação Comunicação, Cultura e Amazônia.

Recentemente, mais duas conquistas muito importantes para a Universidade e para a Região. Em 2018, com a melhoria de sua avaliação junto à CAPES (o Programa passou a ser nota 4), o PPGCOM pôde se credenciar a ofertar o curso de Doutorado. E, logo na primeira solicitação, teve a proposta de curso aprovada pelo MEC, se tornando, em 2019, o primeiro curso de doutorado em Comunicação em toda a região amazônica.

Situado na Universidade Federal do Pará (UFPA), a maior instituição científica da Amazônia brasileira, este Programa faz parte de um contexto regional dinâmico, ao mesmo tempo repleto de desafios e oportunidades. Como coloca o Plano de Desenvolvimento Institucional da UFPA, “a Amazônia, na condição de periferia nacional e global, precisa superar o padrão colonial imposto pelo mundo desenvolvido, a partir de suas vantagens comparativas, maximizando potencialidades endógenas” (Plano de Desenvolvimento Institucional - UFPA, 2011, p.31).

Portanto, em sua interseção com as temáticas culturais e com os espaços amazônicos, o PPGCOM/UFPA concretiza uma experiência singular de pesquisa, sendo o único no Brasil especializado na conjunção entre os três campos de investigação: Comunicação, Cultura e Amazônia.

registrado em:
Fim do conteúdo da página